+351 289 147 424


Sistemas Solares Térmicos | perguntas frequentes

 

É preciso CAP Solar para pUder instalar sistemas solares térmicos?

Não.  Ao estabelecer o novo regime de regulação do acesso às profissões, o Decreto-Lei 92/2011 veio acabar com a obrigatoriedade de possuir CAP de Instalador de Sistemas Solares Térmicos para desenvolver esta atividade.

 
A carteira de TIM veio substituir o CAP Solar Térmico?

De forma indireta, sim. A entrada em vigor do Sistema de Certificação Energética, mais concretamente a Lei nº58/2013, veio estabelecer a obrigatoriedade da posse da carteira profissional de TIM para o exercício de atividades de instalação, assistência ou manutenção de sistemas ou equipamentos térmicos em edifícios, no âmbito do sistema de certificação energética.


É preciso possuir a carteira de TIM para instalar painéis solares térmicos?

Não obrigatoriamente. Um técnico que não seja TIM poderá instalar sistemas solares térmicos em habitações domésticas/ particulares. Nalguns casos mais específicos, como obras em edifícios públicos, ou em obras particulares alvo de financiamento, ou em que seja obrigatório o certificado de eficiência energética, o técnico instalador deverá possuir a carteira profissional de TIM.



Como aceder à carteira profissional de TIM?

TIM II

a) Qualificação de nível 2 do Catálogo Nacional das Qualificações (CNQ) completo (curso de eletromecânico de refrigeração e climatização)
b) Dois anos de experiência profissional na área da eletromecânica de refrigeração e climatização
Os candidatos a TIM-II, sem experiência profissional, com nível 2 do CNQ completo (curso de eletromecânico de refrigeração e climatização) serão sujeitos a avaliação por via de exame parcial realizado pela entidade gestora do SCE com os seguintes conteúdos programáticos: Caldeiras, Solar Térmico, Climatização – condicionamento de ar (parcial), Isolamentos, Iluminação, Introdução ao controlo de consumos em edifícios, Introdução à gestão técnica centralizada e Manutenção de sistemas.

TIM III

a) Qualificação de nível 3 ou nível 4 do CNQ completo (curso de técnico de refrigeração e climatização)
b) Três anos de experiência profissional na área de refrigeração e climatização
Os candidatos a TIM-III, sem experiência profissional, com o nível 3 ou nível 4 do CNQ completo (curso de técnico de refrigeração e climatização) serão sujeitos a avaliação por via de exame parcial realizado pela entidade gestora do SCE com os seguintes conteúdos programáticos: Caldeiras, Solar Térmico, Climatização – condicionamento de ar (parcial), Isolamentos, Iluminação, Introdução ao controlo de consumos em edifícios, Introdução à gestão técnica centralizada e Manutenção de sistemas.



Qual a diferença de actuação entre TIM II e TIM III?


 O TIM II pode efetuar trabalhos em edifícios com sistemas técnicos instalados ou a instalar limitados a 100 kW de potência térmica nominal. O TIM III não tem limite de potência térmica nominal.

 

Assim sendo, qual a mais-valia do vosso curso de Sistemas Solares Térmicos?


O curso de Sistemas Solares Térmicos | Instalação, Arranque e Manutenção, fornece conhecimentos sobre a conceção, dimensionamento, instalação e manutenção de sistemas solares térmicos. Trata-se de um curso de iniciação à atividade ou de reforço de competências de técnicos já com experiência, sendo os conhecimentos uteis tanto para o exercício de atividade profissional, como também para aqueles que no futuro pretendam realizar exame para a obtenção da carteira de TIM.

 
Como me posso inscrever?


 Através do preenchimento do formulário de pré-inscrição AQUI.

default-image


© Copyright 2020 Grupo Rolear
Cursos